Communard

Políticas, economias e ideologias

Grevistas militares na Bahia, um mal disfarçado golpe…

leave a comment »

É inevitável esse lugar comum, mas a história mais uma vez se repete como farsa. A greve dos PM da Bahia é uma mal escrita farsa da greve da PM cearence ocorrida a alguns meses atrás. Falemos as coisas pelo seu nome, greves não ocupam parlamentos, se trata de um golpe visando as eleições da prefeitura de Salvador.

É intolerável vermos uma assembléia, a instituição mais importante de uma democracia, ser pisoteada mais uma vez por botas militares querendo arrancar leis através da bala.

O que está ocorrendo na Bahia é muito grave, se a lei ceder as ameaças, se a violência política vencer, então a guerra civil está declarada. Quando ACM Neto, uma das últimas expressões mais desprezíveis dos coronéis nodestinos, chega ao ponto de apoiar uma greve pela primeira vez na vida, e não por acaso uma greve inconstitucional, o limite da irresponsabilidade foi completamente atropelado.

No Ceará a cena era menos nítida. O governo de Cid Gomes praticara o mais reiterado desprezo e truculência contra as greves, onde os professores haviam realizado uma grande luta jamais vista e por fim, humilhados e reprimidos pelo governo. Foi nesse sentimento popular disperso que disparou a greve das PMs, ninguém então ainda sabia que esta era liderado por um deputado de oposição, também PM. Hoje, esse mesmo deputado-PM busca se lançar a candidato a prefeito de Fortaleza e as máscaras começam a cair. Não havia sido exposto a inconstitucionalidade da greve, tal era a arrogância de Cid que acreditaria que venceria mais outra greve no cansaço.

Já na Bahia, a impostura nascera explícita. O líder da greve parcial da PM é filiado ao PSDB, reinvindica aumento salarial de uma categoria que ganha dentro da média nacional, eclodiu a greve em pleno ano eleitoral, além de cometer a grave agressão as instituições democráticas ao ocupar a Assembéia bahiana.

Jacques Wagner tem a obrigação de defender o direito a greve para aqueles que de fato a constituição garante, de denunciar fortemente a irresponsabilidade do DEM de explorar eleitoralmente essa crise e deixar claro que aquele que defende a lei não pode violá-la.

Anúncios

Written by ocommunard

7 de fevereiro de 2012 às 1:25

Publicado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: