Communard

Políticas, economias e ideologias

Os 11 mandamentos de José Serra

with 2 comments

Tendo o excelente e esclarecedor artigo “Manual da imprensa Golpista” de Eduardo Guimarães do Blog da Cidadania como referência, desenvolvi aqui uma versão em mandamentos, parodiando a última evangilização de Serra que mais uma vez não se fez de rogado em tratar a política sob um viés religioso.

Como ele está convencido que sua trilha para chegar ao poder máximo é pela direita, a despeito da evolução política não só do Brasil, mas do mundo, e como tal se adiantou para permanente se proclamar sem reservas a ser personificação do cúmulo do reacionarismo: somou nazismo + fundamentalismo + stalinismo. Do nazismo ele herdou a eugenia aonde a sub-raça ou os judeus do Serra são os nordestinos. Do fundamentalismo ele herdou o obscurantismo religioso, a união da política com a religião. Do stalinismo ele herdou as práticas rasteras de aparelhamento do partido, do estado e da mídia, de difamação de desafetos, de factóides deiversos, de perseguição política, usando e absando de qualquer resquício de poder para ladrinhar sua escalada a presidência, a sua obcessão.

Os mandamentos de Serra e sua inesperada ressureição pública no jornal O Globo nos provou uma escandalosa verdade, a de que não há direita contra esquerda, nem tucanos contra petistas, nem socialistas contra liberais, nem desenvolvimentistas contra monetaristas, nem mesmo dentro do PSDB, nem mesmo dentro do PSDB paulista, nem mesmo, vejam vocês, dentro do PSDB paulista da velha-guarda. No Globo o rei ficou nú, o que há em toda nossa recente história política é apenas o partido do Serra e o resto, o partido do Serra e seus tentáculos, são os serristas, e o que estiver em sua frente, seja partidário ou não, receberá o típico tratamento com que o Serra oferece a seus obstáculos, tratorar sem nenhum escrúpulo.

Eis os 11 mandamentos do Serra.

1. Amarás a teu deus, o tzar-aiatolá Serra, sobre todas as coisas, tais como seus casuísmos ideológicos, suas conspirações golpistas no Clube Militar, suas relações políticas com a extrema direita (DEM), seu absolutismo nas relações intra-partidárias, sua truculência com jornalistas, sua vacuidade programática, sua obcessão megalomaníaca presidencial, suas trapaças eleitorais, suas bolinhas de papel, suas campanhas difamatórias, seus dossiês, sua ingerência completa da grande mídia devido suas relações pessoais, seu obscurantismo politicamente irresponsável, seu anti-abortismo reacionário e hipócrita (que o diga a mulher do Serra), etc.

2. Não reconhecerá obra, legado, conquista, popularidade, reconhecimento, avanços sociais, econômicos e político do Brasil nos governos do PT ou ligados a ele, por mais evidentes que sejam; escamoteando as boas notícias e ampliando as más, sem o menor contrangimento em aplicar a lei dos “dois pesos e duas medidas” com relação ao PSDB.

3. Atacarás todas as democracias de esquerda como ditaduras ou ameaçadas por ambições autoritárias, sobretudo na Venezuela, por mais democráticas que sejam, por mais que validadas por Observadores Internacionais, e ao mesmo tempo legitimará qualquer escândalo, ditadura, autoritarismo ou golpe militar em qualquer governo conservador ou pró-americano, como no golpe de Honduras, a itália de Berlusconi, as torturas de Guantânamo, os crimes de guerra dos EUA revelados pelo Wikileaks e a ex-ditadura egípcia de Mubarak.

4. Tratarás toda mera acusação a esquerda como uma condenação inquestionável e permanentemente lembrado, como no caso do Mensalão (não há provas ou condenações), e tratarás toda condenação a direita como perseguição judiciária ou um mero desvio individual sem a menor relevância ou rapidamente resquicido, como no caso de Mensalão do DEM, o envolvimento de Agripino Maia e Sergio Guerra no escândalo, as compras de votos do PSDB para passar a lei da reeleição.

5. Não permitirás em um só momento de que qualquer conquista do governo Lula seja dada a ele o mérito, recorrendo sempre a três recursos: a de que seria herança da arrumação do governo FHC, mesmo com o desastre de tal governo a ponto deste mal aparecer nas campanhas eleitorais do partido em que é presidente de honra; ou como resultado de um cenário comercial internacional favorável, mesmo o país tendo superado com folga a segunda maior crise do capitalismo que ainda atinge a UE e EUA; ou por último, como tudo sendo mera manobra de populismo-marketing de Lula, mesmo com todos os indicadores sociais, econômicos e políticos provando a consistência da aprovação popular recorde.

6. Qualquer política social do governo, tal como o bolsa família, deve ser tratado contraditoriamente sem receios, em um momento trantado como mera continuação da Bolsa Escola de FHC, escamoteando o fato de que o pioneiro foi o então petista Cristovam Buarque em seu governo de Brasília; seja trantando como bolsa-esmola em contradição a criação de empregos, ignorando o fato de que o governo Lula gerou nada menos do que 15 milhões de emprego, a menor taxa de desemprego dos últimos 12 anos. E de empregos formais!

7. Poupará de qualquer constragimento ou crítica ao reacionário, corrupto e desastroso Gilmar Mendes com relação a suas indecorosas declarações, a seu ataque ao Ficha Limpa, a seus capangas do MS, sua generosa produção de Habeas Corpus para corruptos, etc; como moeda de troca por suas declarações de ataque a esquerda, aos movimentos sociais, ao governo petista e suas relações pessoais com José Serra como flagrado por uma repórter da Folha no caso do telefonema que definiu a exigência de dois documentos, oposto ao pleito do PT.

8. Odiarás, injuriarás, desqualificarás, perturbarás, caluniarás, desprestigiarás, contrariarás, defenestrarás, difamarás sistematicamente, sem nenhum constrangimento, coerência ou escrúpulo, ao PT ou a qualquer coisa que possa de algum modo não favorecer explicitamente aos propósitos serristas da aliança PSDB/DEM.

9. Serás um fervoroso democrata até o ponto em que isso signifique qualquer forma de constrangimento ao governo petista, mas não temerás defender golpes como o de Honduras, nem a ditadura militar a tratando como ditabranda, ou ao ditadura árabe a tratando sua repressão sendo ‘estabilidade’, manejando o discurso de segurança e democracia casuísticamente, garantindo sempre uma tendência pró-serrista e anti-petista.

10. Canonizarás qualquer um, imediatamente, sem temer nenhuma incoerência, assim que se torne um opositor do governo petista e sirva aos propósitos serristas, ignorando toda suas falcatruas, corrupções e vulgaridade, como no caso descarado do neo-oposicionista do ex-senador Mão Santa.

comentário: Agora, o então famoso 11o mandamento de Serra, agora em versão full…

11. Não brigarás tucano contra tucano para não beneficiar o “inimigo” [quando isto prejudicar ou isolar serristas, a não ser que seja iniciativa do próprio Serra ou de alguma forma o beneficia como foi sua briga contra os aecistas, alckimistas, tassistas, malanistas, etc.] *

* a parte em colchetes não foi publicada na coluna de Serra no jornal O Globo.

E claro, alguém como Serra não faz comentários, artigos, contribuições, debates… como um protótipo totalitário, ele apenas decreta mandamentos!

Anúncios

Written by ocommunard

19 de fevereiro de 2011 às 15:44

Publicado em Reflexão

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Os onze mandamentos, muito bem escritos, resumem o caráter, o modus-operandi e o o retrato-falado do maior enganador que já apareceu no cenário político brasileiro, como nunca antes neste pais.
    Parabéns pelo texto.

    Marta

    19 de fevereiro de 2011 at 18:40

  2. Parabéns, voçê é dez, expõe as entranhas podre de um carater doentio, que ainda pensa que pode nos governar.Maria

    Maria dos Anjos

    19 de fevereiro de 2011 at 20:08


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: