Communard

Políticas, economias e ideologias

O mensalão da mídia !!!

with 12 comments

No Diário Oficial do governo de São Paulo na gestão Serra, foi descoberto o maior esquema de compra de órgãos de imprensa já registrado na história da república. É o fato que comprova a total cumplicidade das grandes mídias e a candidatura do tucano José Serra nessas eleições: em destaque Veja, Globo, Folha e Estadão. O esquema aparentemente tinha por missão desgastar o governo Lula para atrapalhar a sua sucessão, mas agora age como tropa de choque para desgastar a candidata petista, enquanto encobre ou dá pouco espaço a notíciais que atinjam a candidatura tucana.

Veja alguns desses contratos encontrado no Diário Oficial do governo tucano:

27/maio/2010
Contrato: 15/00548/10/04
– Empresa: Editora Brasil 21 Ltda.
– Objeto: Aquisição de 5.200 Assinaturas da “Revista Isto É” – 52 Edições – destinada as escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado São Paulo – CEI e COGSP – Projeto Sala de Leitura
– Prazo: 365 dias
– Valor: R$ 1.203.280,00
– Data de Assinatura: 18/05/2010

28/maio/2010
Contrato: 15/00545/10/04
– Empresa: S/A. O ESTADO DE SÃO PAULO
– Objeto: Aquisição de 5.200 assinaturas do Jornal “o Estado de São Paulo” destinada as escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado São Paulo – Projeto Sala de Leitura
– Prazo: 365 dias
– Valor: R$ 2.568.800,00
– Data de Assinatura: 18/05/2010.

29/maio/2010
Contrato: 15/00547/10/04
– Empresa: Editora Abril S/A
– Objeto: Aquisição de 5.200 assinaturas da Revista “VEJA” destinada as escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado São de Paulo – CEI e COGSP – Projeto Sala de Leitura
– Prazo: 365 dias
– Valor: R$ 1.202.968,00
– Data de Assinatura: 20/05/2010.

8/junho/2010
Contrato: 15/00550/10/04
– Empresa: Empresa Folha da Manhã S.A.
– Objeto: Aquisição pela FDE de 5.200 assinaturas anuais do jornal “Folha de São Paulo” para as escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo – CEI e COGSP – Projeto Sala de Leitura
– Prazo: 365 dias
– Valor: R$ 2.581.280,00
– Data de Assinatura: 18-05-2010.

11/junho/2010
Contrato: 15/00546/10/04
– Empresa: Editora Globo S/A.
– Objeto: Aquisição pela FDE de 5.200 assinaturas da Revista “Época” – 43 Edições, destinados as escolas da Rede Estadual de Ensino do Estado de São Paulo – CEI e COGSP – Projeto Sala de Leitura
– Prazo: 305 dias
– Valor: R$ 1.202.968,00

A maior beneficiada no esquema foi a editora Abril, que é proprietária do maior seminário do país, a Revista Veja. Não por acaso é o órgão de imprensa que mais ataca o governo Lula e mantém permanentemente capas destrutivas contra a candidatura petista.

– DO [Diário Oficial] de 23 de outubro de 2007. Fundação Victor Civita. Assinatura da revista Nova Escola, destinada às escolas da rede estadual. Prazo: 300 dias. Valor: R$ 408.600,00. Data da assinatura: 27/09/2007. No seu despacho, a diretora de projetos especial da secretaria declara ’inexigível licitação, pois se trata de renovação de 18.160 assinaturas da revista Nova Escola’.

– DO de 29 de março de 2008. Editora Abril. Aquisição de 6.000 assinaturas da revista Recreio. Prazo: 365 dias. Valor: R$ 2.142.000,00. Data da assinatura: 14/03/2008.

– DO de 23 de abril de 2008. Editora Abril. Aquisição de 415.000 exemplares do Guia do Estudante. Prazo: 30 dias. Valor: R$ 2.437.918,00. Data da assinatura: 15/04/2008.

– DO de 12 de agosto de 2008. Editora Abril. Aquisição de 5.155 assinaturas da revista Recreio. Prazo: 365 dias. Valor: R$ 1.840.335,00. Data da assinatura: 23/07/2008.

– DO de 22 de outubro de 2008. Editora Abril. Impressão, manuseio e acabamento de 2 edições do Guia do Estudante. Prazo: 45 dias. Valor: R$ 4.363.425,00. Data daassinatura: 08/09/2008.

– DO de 25 de outubro de 2008. Fundação Victor Civita. Aquisição de 220.000 assinaturas da revista Nova Escola. Prazo: 300 dias. Valor: R$ 3.740.000,00. Data da assinatura: 01/10/2008.

– DO de 11 de fevereiro de 2009. Editora Abril. Aquisição de 430.000 exemplares do Guia do Estudante. Prazo: 45 dias. Valor: R$ 2.498.838,00. Data da assinatura: 05/02/2009.

– DO de 17 de abril de 2009. Editora Abril. Aquisição de 25.702 assinaturas da revista Recreio. Prazo: 608 dias. Valor: R$ 12.963.060,72. Data da assinatura: 09/04/2009.

– DO de 20 de maio de 2009. Editora Abril. Aquisição de 5.449 assinaturas da revista Veja. Prazo: 364 dias. Valor: R$ 1.167.175,80. Data da assinatura: 18/05/2009.

– DO de 16 de junho de 2009. Editora Abril. Aquisição de 540.000 exemplares do Guia do Estudante e de 25.000 exemplares da publicação Atualidades – Revista do Professor. Prazo: 45 dias. Valor: R$ 3.143.120,00. Data da assinatura: 10/06/2009.
Negócios de R$ 34,7 milhões.

Somente a revista Veja e mais 4 “pedagógicas” foram responsáveis pelo assalto de mais de 34 milhões dos cofres públicos dos contribuintes paulistas. A revista Nova Escola, que está sob investigação do Ministério Público Estadual, tem 1/4 de suas vendas na conta do governo Serra, são 220 mil assinatural que engordaram em mais de R$ 3,7 milhões os caixas da editora Abril.

O esquema ardioloso não só tem como função aparelhar os meios de comunicação regados com dinheiro público, como ainda através da própria compra distribuir nas escolas essas imprensa aparelhadas. Isto é, não se trata apenas de aparelhar os maiores meios de comunicação do país, mas de usar o sistema escolar para disseminar publicações tendenciosas como propaganda política disfarçada de noticiário, sobretudo, como arma de difamação contra adversários políticos.

Enquanto as mídias atacam hipocritamente o PT e o governo Lula acusando de ameaçar a imprensa e querer controlá-la, distorcendo a proposta de controle social da mídia que é uma cláusula constitucional e estava presente no PNAD do governo FHC – vemos que na verdade estão na verdade fazendo a defesa de seu atual controle, o controle tucano – e o povo paulista está ainda tendo que pagar para sofrer lavagem cerebral. Absurdo?

Quem na grande mídia romperá o silêncio e denunciará esse crime político hediondo?

Fonte: Diário Oficial do governo de São Paulo

Créditos (em resposta a solicitação de Jofre Roldão):
NaMariaNews
Blog do Miro
http://blogdadilma.blog.br/

Anúncios

Written by ocommunard

22 de setembro de 2010 às 18:45

12 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Sou paulista,envergonho-me dessa atitude.O pior é que esses jornais e revistas tendenciosos,
    manipuladores,foram parar nas salas de aula como opção de leitura para crianças e jovens
    da rede oficial de ensino.Como professora classifico esse ato como abuso de poder.Fora Serra
    e seu secretário da educação!

    Arlete M. Fradinho

    23 de setembro de 2010 at 13:35

  2. É preciso verificar, ainda, antes de mais nada, se o governo federal fez compras semelhantes no mercado de mídia, e se o fez, o que comprou. OU se outros governos estaduais também se utilizaram desse mesmo expediente, e, da mesma forma, o que comprou. Para que não pairem quaisquer dúvidas.
    Para mim, já ficou caracterizado a blitz do chamado “PIG” contra a candidatura Dilma, independentemente dessa nova e importantíssima informação.

    Luiz Paulo Santana

    23 de setembro de 2010 at 17:48

  3. Pessoal, quem descobriu essa bandalheira todinha, antes de qualquer cidadão nesse planeta, foi a NaMaria, do NaMaria News. É muito chato ficar copiando textos por ai sem dar o devido crédito.
    Parte do texto citado acima saiu de outro texto escrito pelo Altamiro Borges, no Blog do Miro, que justamente citou o NaMaria News devidamente = http://altamiroborges.blogspot.com/2009/09/pela-imediata-privatizacao-da-revista.html. Agora, recentemente, o Blog da Dilma copiou parte do texto do Miro e esqueceu de dar o crédito = http://blogdadilma.blog.br/2010/09/escandalo-revelado-o-mensalao-da-midia.html

    Então se ainda não conhecem o original NaMaria News, passem lá e vejam outras maracutaias do gênero, tudo pesquisado por ela e comprovado com o DO. = http://namarianews.blogspot.com/

    Atenciosamente,
    Jofre Roldão

    Jofre Roldão

    23 de setembro de 2010 at 18:18

  4. Fernando Henrique Cardoso e asseclas nunca me enganaram!!E, os chamados jornalões..Quem os viu, quem os vê!!!!!!!!Triste fim de um policarpo quaresma!!!!!!!

    marco antonio

    23 de setembro de 2010 at 21:42

  5. Mensaleco mixa, esse. E as escolas do Brasil inteiro, assinam quais jornais e revistas?

    Nonana

    24 de setembro de 2010 at 2:17

  6. Nonana, não existe essa prática de comprar revistas de notícias e espalharem nas escolas, por incrível que pareça, essa é uma jaboticaba tucana. Precisa ser denunciado e proibido em lei, esse é o verdadeiro controle da imprensa que a imprensa vendida não critica, nem ataca e nem vê como ameaça.

    Essa é a verdadeira censura….

    ocommunard

    26 de setembro de 2010 at 1:57

  7. […] O mensalão da mídia !!! […]

  8. Não pensem que o governo Lula é inocente só porque o Serra, como dizem, comprou estas revistas todas e enviou às escolas. Bandalheira tb. existe no governo Lula, é só ver os vários escândalos que ocorreram e que nunca foram apurados. E o presidente sempre diz que nunca sabe de nada. Asseclas, o governo Lula tb. tem e muitos: como o Delúbio, como o Palocci e o governo Dilma tb. tem (teve): Berenice e cia. Como disse o colega Luiz Paulo: “É preciso verificar, ainda, antes de mais nada, se o governo federal fez compras semelhantes no mercado de mídia…”.
    Para mim, todos os governos, sem exceção, roubam, praticam atos escusos e desonestos…não há nenhum santo nesta história toda.

    Eliana Lima

    5 de novembro de 2010 at 1:30

  9. […] Mensalão da mídia! A revista Veja é desmascarada! Somente a revista Veja e mais 4 “pedagógicas” foram responsáveis pelo assalto de mais de 34 milhões dos cofres públicos dos contribuintes paulistas. A revista Nova Escola, que está sob investigação do Ministério Público Estadual, tem 1/4 de suas vendas na conta do governo Serra, são 220 mil assinatural que engordaram em mais de R$ 3,7 milhões os caixas da editora Abril. O esquema ardioloso não só tem como função aparelhar os meios de comunicação regados com dinheiro público, como ainda através da própria compra distribuir nas escolas essas imprensa aparelhadas. Isto é, não se trata apenas de aparelhar os maiores meios de comunicação do país, mas de usar o sistema escolar para disseminar publicações tendenciosas como propaganda política disfarçada de noticiário, sobretudo, como arma de difamação contra adversários políticos.(continua) […]

  10. […] Mensalão da mídia! A revista Veja é desmascarada! Somente a revista Veja e mais 4 “pedagógicas” foram responsáveis pelo assalto de mais de 34 milhões dos cofres públicos dos contribuintes paulistas. A revista Nova Escola, que está sob investigação do Ministério Público Estadual, tem 1/4 de suas vendas na conta do governo Serra, são 220 mil assinatural que engordaram em mais de R$ 3,7 milhões os caixas da editora Abril. O esquema ardioloso não só tem como função aparelhar os meios de comunicação regados com dinheiro público, como ainda através da própria compra distribuir nas escolas essas imprensa aparelhadas. Isto é, não se trata apenas de aparelhar os maiores meios de comunicação do país, mas de usar o sistema escolar para disseminar publicações tendenciosas como propaganda política disfarçada de noticiário, sobretudo, como arma de difamação contra adversários políticos.(continua) […]

  11. […] O esquema ardioloso não só tem como função aparelhar os meios de comunicação regados com dinhe… Share this:TwitterGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. Esta entrada foi publicada em 2010 – Eleições, Aécio Neves, aborto, Atualidades, audiência, Audiencia Da Tv Ibope, audiencia de tv, Audiencia E Tv, audiencia na tv, Celebridades, CNBB, filmes, Globo, ibope, ibope da tv, ibope tv, Juventude PSDB/MG, mídia, noticia de tv, noticias, novela, opinião, Parlamentares tucanos, politica, Programas, PSDB, Publicidade, Real Time, Real Times, Record, sbt, Sem Categoria, televisão, ultimas noticias, Uncategorized, video. Adicione o link permanente aos seus favoritos. ← Podridão.Somente a revista Veja e mais 4 “pedagógicas” foram responsáveis pelo assalto de mais de 34 milhões dos cofres públicos dos contribuintes paulistas. A revista Nova Escola, que está sob investigação do Ministério Público Estadual, tem 1/4 de suas vendas na conta do governo Serra, são 220 mil assinatural que engordaram em mais de R$ 3,7 milhões os caixas da editora Abril. […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: