Communard

Políticas, economias e ideologias

Em defesa da tributação

leave a comment »

Quantas bobagens somos submetidos cotidianamente para sermos convencidos de que somos assaltados por impostos. Quantas vezes você já não ouviu que se paga imposto demais? Que o Brasil tem tal carga tributária. E se apressam em afirmar que o Brasil tem uma carga tributária alta frente ao baixo nível de retorno nos serviços públicos, porque sabem que com a Internet fica fácil para qualquer constatar que nossa carga tributária é bem inferior do que a européia.

Mas os EUA tem sim uma carga tributária bem menor, mas não é difícil de entender. Se você considerar que ela tem o maior pib do mundo, uns US$ 14 trilhões, enquanto o Japão, a segunta economia do mundo, tem 4 trilhões. Aí é fácil entender que se a carga tributária estadunidense for de 5%, representaria mais recursos do que uma carga tributária brasileira de 50%, pois o pib brasileiro é de 1,6 trilhões. Mesmo sendo o Brasil uma das 10 maiores economias do mundo.

É curiosa também a lógica aplicada: quando usamos um serviço privado, geralmente pagamos mais para termos melhores serviços, mas segundo os ideólogos neoliberais, os serviços públicos insuficientes devem ser resolvidos com diminuição de impostos? Defendem a privatização como forma de combater o mal serviço público, para em seguida possam cobrar mais o quanto quiser para oferecer serviços melhores ou mesmo piores pela iniciativa privada.

Quando uma mercadoria ou serviço privado é ruim, simplesmente nos contentamos em nos lamentar em não ter dinheiro suficiente para pagar por algo de melhor qualidade, mas se for público, é sempre uma comprovação absoluta da ineficiência do Estado na economia. Mesmo sendo a BBC a maior tv do mundo, e a NASA o maior centro de pesquisa do mundo, o ITA brasileiro e as faculdades federais estão no topo da excelência na educação, a Petrobrás ser a maior empresa brasileira. Sem falar do fracasso neoliberal que está ainda agora arrastando as economias centrais dos EUA e UE.

E ainda quando afirmam que nossa carga tributária é tal, como 30%, é falso… porque sendo o imposto progressivo, a parcela maior desse imposto é pago pelos mais ricos. Se somos defensores da distribuição da renda, de uma sociedade mais igual, e no caso do Brasil é algo crônico porque estamos entre os países mais desiguais do mundo, somente através do imposto progressivo podemos garantir isso. Dessa forma, precisamos de muito imposto para realizar a distribuição da renda, arrancando de quem tem mais e redistribuindo para o resto da sociedade através de serviços públicos e assistência social.

Se alguém ainda assim se sente seduzido pela infabilidade da iniciativa privada, apesar dos recorrentes casos de recall, desastres ambientais, processos jurídicos, e etc. Pense seriamente em comparar o quanto você paga em uma faculdade privada e uma faculdade pública, a única razão de não termos hoje escolas públicas superiores as privadas, se deve a um longo descaso político, pois já tivemos uma escola pública muito superior a privada. Considere ainda pagar uma segurança privada ao invés do que você efetivamente paga pela pública. O estado, ao distribuir(progressivamente) o preço desses serviços por toda a sociedade, ele torna mais barato para cada um, e tanto mais barato quanto menos você ganha. Já o serviço privado ele cobra o mesmo para todos, milionários e miseráveis, é socialmente absurdo.

Nós não percebemos que cada fração de imposto sustenta toda a república, que vai do asfalto ao tribunal, do semáforo ao exército, do policial a todo aparato democrático(parlamento, eleições, direitos, etc). Se é verdade que a tributação é uma carga pesada, com certeza ela é ou devia ser para os mais ricos, a sobretaxação das maiores riquezas é a condição e o modo pelo qual a justiça social se aplica até na carga tributária.

Enquanto tudo ainda não estiver nas mãos dos próprios trabalhadores associados, o Estado é o melhor guardião do interesse comum dos trabalhadores, desde que esteja representando o trabalho, e não o capital.

Anúncios

Written by ocommunard

27 de maio de 2010 às 3:08

Publicado em Cultura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: